Terça-feira, 31 de Março de 2009
FREI LUIS GONÇALVES, FINALMENTE!
 

luis-goncalves1

Amigos!

Gostei de ver o Sitio Irmão Sol. Foi bom ver um trabalho tão bem feito. A todos os que nele trabalham e lhe dão alma dou os meus PARABÉNS!

Prometo dar mais notícias.

 Para todos uma Santa e Feliz Páscoa!

Um grande Abraço

 Frei Luís Gonçalves

NR

Aqui está, outra vez, a prova provada de que este vosso irmão carteiro não larga a caixa do correio.Todos os dias em busca de novidades! E eis, finalmente o ....Luuuuuuuuuuuuuuuuuuuuís, como é bom saber-te por aqui, finalmente! "Realmente"! Luís,creio que deves saber navegar pelo irmão sol, pois bem, procura lá mais para trás e verás com o que dás!!! (Isto é para te fazer lembrar as nossas velhas disputas de quem é que rimava mais!!!)É que dedicámos-te um post a chamar por ti! Tal como ao nosso outro amigo e que, sei agora, está contigo aí em Barcelos, o Frei Manuel Luis!!! Trata de o pôr em contacto connosco, também! Em breve vamos falar mais!!!! Estou aflito com o tempo a voar tão depressa e a sentir que não posso estar aqui mais tempo a fim de concluir os trabalhos que faltam para a Exposição de 16 de Abril!!!Passa por aqui, tu e os outros irmãos,para saberem como estão as coisase claro, aparecerem na Galeria da Associação 25 de Abril, pelas 19 horas!!!

Ficamos à espera das tuas notícias e....,parece, que temos para aí um novo livro?!O último não foi o ...."Palmeiras em flor?!"

No sítio onde estou não tinha nenhuma foto tua à mão!Fui ao Google e, olha, só!Lá estás tu!!!Não tenho tempo para o link, mas experimenta também!!!

Um grande abraço!!!

antónio colaço


publicado por animo às 08:41
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Março de 2009
FREI HERMANO FILIPE,BEM-VINDO!
A prova provada de que, apesar de ocupados com a preparação da exposição, Abril, Ânimos Mil, todos os dias vamos à porta/correio do nosso conventinho virtual para ver se algum irmão quer entrar.Sim, eu sei que tardam cartas do Rito, do Vaz, do Mendes, do Teixeira, do Pojeira ( de partida para Timor, estás obrigado a reportar o quotidiano timorense!!!) e quem mais?!

TODOS: do SÉÉÉÉÉÉÉRIO!!! Sim,tu, o guionista dos guionistas, que nenhuma Globo jamais de nós apartará, então e o episódio do JINGO?!

2

Até lá, queiram passar por aqui para saber as últimas deste vosso irmão! Alguém mais tem por aí blogs para divulgar?! Façam favor!

Depressa que se faz tarde!

Aproveito para divulgar o ... Convite para 16 de Abril!!!

convite_ac

Aqui está, vindo de Barcelos, Frei Hermano.

hermanofilipea

Paz e Bem!

Olá Amigo Colaço, dei uma vista de olhos ao Blog do Irmão Sol e vejo que continua com MIL ÂNIMOS ao leme da linda nau dos Antigos Alunos.

Infelizmente não penso penso ir a Lisboa nos próximos tempos pelo que só poderei entrar nesse admirável mundo novo da ânimo, se você continuar a partilhar on-line o seu atelier!

Não tenho nada para escrever porque sou um miúdo à beira de muitos de vós e a escrita faz-se sobretudo de história e de história; poderia era talvez passar mais vezes pela vossa capela virtual!?

Ando "aflito" com um projecto da Pastoral Juvenil; sonhei no ano passado - ainda não se falava tão apocalipticamente de crise - levar um grupo de jovens comigo a Timor-Leste. São eles quem - fora da sacristia - melhor pode transformar por dentro - com valores cristãos - as escolas, hospitais, empresas, partidos políticos e a própria igreja. Reze por esta intenção, ok? Em Abril, orações mil!

Dê uma vista de olhos em:
http://viveroessencial.wordpress.com
Um abraço muito fraterno,
frei hermano


publicado por animo às 16:52
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 20 de Março de 2009
MATINAS
imagens Se calhar, a Primavera, que acaba de chegar às 11.44, também pode morar numa tela feita com o que sobrou do passado Outono no meu Vale das Árvores. hortensias É isto que me fascina na Natureza, numa palavra, na Criação: ressuscitamos como se nunca tivessemos morrido. Obrigado pela irmã Primavera! antónio colaço


publicado por animo às 09:11
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 18 de Março de 2009
JOSE PAULO COSTA QUER ENCONTRAR COLEGAS
olá!
Fui  seminarista, não há muito tempo, 10...20...35...anos, é isso, estive em Barcelos 1º. ano e depois  2 anos em Gondomar.
Ao longo destes anos tenho acompanhado, mais ou menos de perto, a vida de alguns amigos, outros começo a esquecer...
Fui à Igreja do Amial,há dois anos ('), falar com o Padre Fernando Alberto Pedrosa Cabecinhas, que foi meu colega, penso que estava com pressa...e nada mais soube.
Gostaria de ter algumas fotografias para mostrar aos meus filhos e saber se tudo vai bem com V.Exª.s
Eu Sou José Paulo Gonçalves Costa
FAFE
Um abraço.


publicado por animo às 13:55
link do post | comentar | favorito
|

VAZ E ARMANDO PINTO.REENCONTRADOS
Amigo Colaço: Tenho acompanhado com grande interesse a evolução dos preparativos para a tua exposição, inteirando-me da tua veia artística (que naturalmente desconhecia, em virtude de não nos termos chegado a encontrar na nossa caminhada pelos Capuchinhos), da qual, aliás, fiquei mais ciente ainda em recente encontro com o comum amigo Agostinho Vaz, de que te vou falar já. Antes de mais, desejo-te as maiores felicidades para a exposição Ânimos Mil, onde não poderei estar obviamente, pela distância física. Mas, vou ver se a minha filha e meu genro (esses sim residentes perto, na área da grande Lisboa) poderão passar por aí, embora pela sua vida profissional, de enfermeiros, não sei se terão hipóteses, atendendo a que trabalham por turnos. Vamos ver… Quanto ao recente reencontro com o Vaz, não dissera nada antes por saber que andas muito ocupado. Mas também por, com a envolvência natural, até me ter esquecido de registar em imagem tal momento. Tendo passado por aqui, pela minha terra, o Vaz veio ao meu encontro, a meio duma manhã, na semana passada. Então, apesar de eu ter o tempo limitado, porque daí a pouco tinha de ir para o emprego (já que presentemente trabalho de tarde, das 13 às 20 horas), estivemos à conversa sem notar o tempo passar… Disso tudo (até para o espicaçar a escrever mais neste Irmão Sol), o Agostinho Vaz por certo dirá de sua justiça, podendo eu acrescentar já que foi um bom frente a frente, a deixar a conversa mais em dia, como se costuma dizer. Até sempre.

Armando Pinto


publicado por animo às 13:52
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Março de 2009
última hora:PE ANSELMO BORGES NA ABERTURA DA EXPOSIÇÃO "ABRIL,ÂNIMOS MIL"!
anselmo10

É com incontida emoção que tenho o prazer de anunciar aos nossos amigos que a celebração dos 30 anos da ânimo conta, na inauguração da Exposição "ABRIL,ÂNIMOS MIL, com a presença e a iluminada palavra do meu querido amigo Padre Anselmo Borges.


" De que falamos quando falamos de "ânimo", o mote para a conversa com Anselmo, um dos mais dinâmicos e revolucionários evangelizadores do sec XXVI e que aqui não deixamos de sublinhar! A alegria patente no rosto desse outro amigo, o Manuel Vilas Boas, da TSF, diz tudo de como é bom estar entre amigos destes. Um motivo mais para subir até ao Chiado na quinta-feira, 16 de Abril, pelas 19 horas, e entrar na Galeria da Associação 25 de Abril, situada, mais precisamente, na Rua da Misericórdia, nº 95.


Na sequência desta novidade, agora mesmo confirmada, uma outra pode estar a caminho. Aguardemos.


antónio colaço



publicado por animo às 19:36
link do post | comentar | favorito
|

O PRIMEIRO CONVITE.PARA TI!

exposicao18ab


ABRIL, ÂNIMOS MIL


pintura . escultura


assinatura




16 abril . 8 maio


Galeria da Associação 25 de Abril


simboloa25b


exposição comemorativa dos 30 anos da ânimo http://animo30.wordpress.com


 


CONVITE


 


Venho convidar todos os leitores da ânimo para a inauguração da Exposição “Abril, Ânimos Mil” que terá lugar no dia 16 de Abril, pelas 19 horas, na Galeria da Associação 25 de Abril, ao Chiado, na Rua da Misericórdia, Nº95, em Lisboa.


Num tempo de desânimo, uma exposição que faz apelo a que retomemos os caminhos que Abril nos abriu e em cujo esquecimento radicam, também, à nossa escala, algumas das razões para a crise que enfrentamos.


Na luta por uma sociedade mais justa e solidária, regressar às origens, mesmo a partir da grande cidade, pode ser um bom começo. O desenho do cartaz é feito a partir de um bordado original da minha saudosa Mãe para o meu primeiro lençol de bebé! Nas Lisboas de Lisboa, o Portugal interior, de Gavião a Mação, com passagem por Abrantes, em lugar de destaque nas obras que apresento.


Às palavras, juntaremos os licores e os bolos fintos de Mação, acreditando que, assim, poderemos fintar o desencantado destino de que nos queremos, de uma vez por todas, afastar. Talvez possamos sair, assim, mais animados e com a renovada vontade de Reabrir as portas que Abril abriu. Não faltará para isso, e também, algum vinho maçanico, Chave Dourada, da nossa modesta produção. Estão convidados . Conto convosco. A palavra e o poder às vossas agendas! Todas as agendas!



antónio colaço



ENTRETANTO.... No silêncio das noites ou no prolongamento dos dias de fim de semana ... a exposição vai ganhando corpo. Não pretendo originalidades bacocas mas sempre direi que assumo esta tão original quanto despretensiosa partilha do atelier, digamos, on-line, quando, alguns dos consagrados nomes ou, talvez os seus "testas de ferro", tudo fazem para esconder do público as mais recentes inovações dos seus apoderados. "Vincent, Vem Cá", ou o mistério do assalto aos girassóis de Van Gogh, "Louvor e exaltação das hortênsias" e "Jangadas para os Náufragos de Medusa" - obrigado, Mário Franco, pela convincente exposição, pelo desmedido fascínio que me fizeste criar pelo original de Géricault -1791/1824 - ocupam, agora, toda a nossa atenção. Aqui fica esta espécie de making off de obras em execução: exposicao19 Vincent, Vem cá! exposicao17 Louvor e Exaltação das Hortênsias. exposicao20 Jangadas para os Náufragos de Medusa (A partir da obra de Theodore Géricault). antónio colaço


publicado por animo às 15:45
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 10 de Março de 2009
FREI ACÍLIO DE OLHOS POSTOS NO..IRMÃO SOL!!
capuchinhosacilio7

Hoje, ao almoço, e após breve conversa com Frei Pojeira, desloquei-me à nossa casa da Barjona de Freitas, em Lisboa. (Digo nossa, pois foi esta a casa que me acolheu nos primeiros tempos aquando da saída do Porto!!!).Tratava-se de lhe pedir emprestado o original sobre S.Francisco - revelado no Encontro de Gondomar - e que faço questão de apresentar na próxima exposição que farei na Galeria da Associação 25 de Abril, no próximo dia 16, como podes ver aqui. Eis senão, quando, do elevador, cantarolando me surge Frei Acílio Mendes!!! Não podia crer no que via!!! "Sim, estás a ver-me! Eu também estou a ver-te!", disse-me.

 E pronto, mais tarde voltaremos à conversa sobre esta tão demorada quanto saborosa conversa de almoço.

Uma novidade - duas, se quiserem - Frei António Pojeira está de partida para Timor, no próximo dia 2 de Abril e, sendo assim, a nossa viagem a Assisnão se realiza, para pena minha, digo-o desde já. Será que os 800 anos do nosso querido Francisco vão ficar sem esta viagem que tanto desejávamos?!

Seja como for, para o Frei Pojeira, Timor vai ser mais um desafio.Estaremos contigo e, mais, queremos noticiar tudo quanto de bom vais fazer!

Para o Frei Santos Costa fica o apelo de que nos envie desenhos e fotografias suas, da sua nova paróquia (falta aqui o link!está no da Ordem!) e para ti, Acílio, para já, a continuação de uma óptima recuperação! Foi tão bom reencontrar-te. Um verdadeiro Tabor na Barjona de Freitas! As fotos que faltam! O resto do texto... mais tarde!

capuchinhosacilio3

capuchinhosacilio

capuchinhosacilio2a1

antónio colaço


publicado por animo às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

BARCELOS, TERRAMOTO DE 1969.Agostinho Vaz, reporta.
capuchinhos36d

Os sobreviventes do terramoto de Barcelos,1969!

Viva minha gente!!!
 
Antes de dar a minha descrição sobre o dito cujo terramoto, aproveito para apresentar as minhas cordiais saudações à nossa gente, acompanhadas do respectivo pedido de desculpas pelo meu eclipse. Mas como sou um pouco de luas, não tenho passado pelo nosso convento.
Aproveito para informar do meu encontro com um ilustre frequentador deste areópago, o qual trabalha no Kasaquistão: sim, ele mesmo, o João Casais. Domingo, 8 de Março, Dia da Mulher fui apreciar um bacalhau à City Rio, em Ferreiros - Braga. Estava em amena cavaqueira com a mãe Olinda e tia Glória, quando um cavalheiro se abeirou da nossa mesa, pedindo desculpa, com o dedo em riste me interrogou de sopetão:
    - Agostinho Vaz?
    - Sim, ele mesmo, em carne e osso, embora comendo bacalhau.
É que este confrade foi dotado com um dos dons do corpo glorioso. É verdade! Para além de um olho de lince em fixar fisionomias, o nosso bom João Casais possui o dom da ubiquidade, porque, Omnipresente, só Deus.
  Seguiu-se um bate-papo entre nós, após as devidas apresentações, que até nos esquecemos do tacho e do seu conteúdo que estava a arrefecer. Depois seguiu-se o meu contacto com os comensais do João e as despedidas com a minha promessa de lhe facultar a listagem de todos os nossos confrades. Mas não lhe vou enviar a listagem por correio. Não senhor. Entretanto o João voa hoje, (3ª feira) para Toronto e regressa no dia 17 a Portugal. Combinámos encontrar-nos após a sua chegada. Mas o homem anda numa roda viva entre o Kasaquistão, Barcelos e Toronto.

NR-É um privilégio, aqui, no cantinho da cel@, imaginar-vos de volta do bacalhau com que matastes saudades!Que pena não termos uma fotozita!Nem acredito, João!Muito obrigado Agostinmho, vamos já para o terramoto! ac

_______________

BARCELOS . 1969 .O CONVENTO DE SANTO ANTÓNIO ABANOU!
 
Ora vamos lá contar a minha versão dos factos ocorridos naquela madrugada, quando os fradinhos de Santo António, assim como todo o país foram estremunhadamente acordados.
    Era quinta-feira, dia de feira em Barcelos. Seriam, talvez, quatro horas da manhã, quando senti um ruído surdo e vibrante, aumentando de intensidade.Dei comigo a pensar que seriam os carros de bois dos lavradores que iam para a feira semanal. Mas que diabo, ainda era muito cedo...
Seguiu-se um forte abalo com grande impacto telúrico nas estruturas do Convento. Saltei do leito e dei comigo em desequilíbrio a tentar enfiar uns chanatos nos pés, quando ... caí. Mas eu não tinha bebido vinho, tinha-me deitado sóbrio...
- Que se passará?  - Ah! Já sei. Isto deve ser um terramoto.
Quando tomo consciência do que seria, na verdade, ouvi um grande estrondo, para os lados da cela do Frei João Teixeira e de imediato o frei Lino sai para o corredor em camisa de dormir, imlorando estridentemente, a intercessão de todos os Santos e de Nossa Senhora.
Na cela ao lado da minha ouvia o Frei Carlos Rito respondendo: -rogai por nós mas, oh Lino vai para a tua cama. Será que a esta hora não tens palha no ninho?
Contrastando com o medo e a devoção do Frei Lino, o Frei Carlos continuava de porta aberta a invectivar o confrade para este dominar o pânico que tomou conta dele.
A minha descrição poderá induzir num lapso de tempo exagerado. Tento dar conta daquilo que me lembro, como se fosse ontem.
Entretanto um segundo abalo rugidor fez-nos sair das celas, uns com o hábito e outros sem o mesmo. Cada um se amanhou como pôde e encontrámo-nos todos no corredor das celas. Deparo, então, com o Padre Mestre, Frei Bernardino de Vide a incitar-nos a aceitar a vontade de Deus. Sugerindo-nos possíveis pontos de abrigo, lá nos foi lembrando que o convento era velho e que o epicentro do maldito se situaria próximo da Galiza. Com o intuito de alcançarmos o pátio do recreio baixámos do 3º piso passando pelo segundo, quando ouvi o Padre João Evangelista de Idiazábal a rezar. Fui ao quarto do bondoso e obeso Padre convidando-o a sair, ao que ele me perguntou:
- que haces pequeño, a estas horas? Hey, pincho, ven ajudar-me.
Continuavam os fantásticos estremeções e o edifício acusava a violência abrindo frechas nas paredes.
Quando chegámos ao pátio deparámos com o Miguel Barraco, meio atordoado, a perguntar-nos:
- Oh Frei, oh Frei, oh Frei? Valha -nos Nossa Senhora...
Já em segurança, relativa, lá fomos informados pelo Padre basco Frei Francisco de Olleta de alguns pormenores da infernal tremideira.
Eu continuava inquieto pelo estrondo, ao fundo do corredor, que se verificou após o auge do terramoto. Entre nós, com o Padre Mestre por perto, íamos perguntando uns aos outros quais os efeitos de tamanha tremideira. Para além de relatar o que se passou na minha cela, com o aparecimento de grandes fendas e a pequena queda lá nos ouvíamos uns aos outros. O Frei Firmino do Pombal ia sossegando o Manel Barraco, o Frei Lino continuava muito ansioso e invocando a ajuda divina. O Frei Joaquim Afonso, com a sua fleuma, conjecturava sobre as consequências, caso o abalo tivesse sido um pouco mais forte... Revelando falsa calma, o Frei José de Luanda desafiou-me a dar uma espreitadela para o mundo, ou seja: o irmão auxiliar tendo vindo do mundo havia pouco tempo gostaria de contemplar alguma donzela, talvez em camisa de dormir. O Frei Agostinho Mendes sossegou o noviço e pediu ao vizinho da sua cela, Frei João Teixeira que nos contasse porque saiu para o corredor, lívido como a cera, após o grande estrondo.
Por questões de espaço e arrumação, os Capuchinhos de Barcelos arrumaram algumas estátuas de Santos, no sótão do convento. Algumas, como a de S. Judas Tadeu e a de S. Francisco ficaram dispostas sobre algumas traves, por cima das nossas celas.
O caso poderia ter sido dramático, caso o frade de Uíge não desse à sola agradecendo a Deus ter saído ileso. E então o Frei João Teixeira foi-nos dando conta do sucedido e dizia:
       - Depois do primeiro abalo deduzi tratar-se de um tremor de terra, porém julguei que o efeito ficasse por ali e deixei-me ficar na cama. Após o segundo abalo senti algo de anormal no tecto e resolvi saltar da cama. Eis, senão quando e de repente cai a estátua de S.Francisco em cima da minha cama à mistura com caliça e ripas do tecto em barro.
Claro está, que a situação potencialmente perigosa nos proporcionou, pela madrugada, uma fuga pouco ordenada para espaço aberto, a possibilidade de convivermos e rirmos das nossas desventuras provocado pelo monstro que rugia e estrebuchava  nas entranhas da irmã Terra. Contadas as peripécias proporcionadas pelo medonho e demoníaco evento, o Padre Mestre ordenou-nos a ida para as celas continuar o descanso até à hora de matinas. Na passagem pelo segundo piso fomos interpelados pelo Padre Evangelista, que atirou:
-  Que passa pequeño? Ven aqui pincho Frei Rito.
Como já não houvesse tempo que justificasse o mergulho noutro sono entrámos para as celas e comunicáva-mos com o frade vizinho através das fracturas da parede divisória, até às seis e trinta da matina. Durante o santo dia, nos claustros do convento e no pátio do recreio não se falou noutra coisa. Que Deus seja louvado!  

Agostinho Vaz  


publicado por animo às 19:23
link do post | comentar | favorito
|

última hora:EXCLUSIVO!ACÍLIO, FINALMENTE!!!
capuchinhosacilio2a

SENHOR, COMO É BOM ESTARMOS AQUI!!!


Quando menos imaginávamos, ei-lo, na nossa frente, de olhos bem abertos!


Finalmente, o reencontro com o Frei Acílio Mendes!Mas, também, Santos Costa e António Pojeira, este, de partida para Timor!


CONTAMOS TUDO MAIS LOGO!


E ainda…


JOÃO CASAIS descobriu AGOSTINHO VAZ!


E ainda…


BARCELOS,TERRAMOTO 1969!


HORA A HORA, A NOITE EM QUE O CONVENTO IA INDO ABAIXO!!!DELICIOSA crónica de Agostinho Vaz!


MAIS LOGO!!!


antónio colaço



publicado por animo às 16:39
link do post | comentar | favorito
|

Visitantes
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

IR EM FRENTE MESMO QUE SE...

IDE EM FRENTE . MENSAGEM ...

PARA FÁTIMA E EM FORÇA ....

UMA ESPÉCIE DE ADEUS ATÉ ...

SANTA PÁSCOA PARA TODOS

AS MÚSICAS DA MÚSICA TOCA...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

ANTÓNIO SILVA E ARMÉNIO M...

ALMOÇAI EM MINHA MEMÓRIA ...

arquivos

Julho 2017

Setembro 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Visitantes
blogs SAPO
subscrever feeds