Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010
WEBANGELHO DE PE RUFINO SILVA

 

NR -Lamentavelmente não conseguimos a atempada edição deste texto do Pe Rufino.!Mas para meditar, todo o tempo é pouco, seja antes ou depois do Domingo!Ah! E continue a "aproveitar os seus tempos livres" deste modo.E nós que beneficiemos!ac

_______________________________________________________

 

 

 

Como modo de aproveitar os tempos livres, lembrei-me de compor o trabalho, que segue, abaixo, sobre a 1ª leitura da Eucaristia do próximo Domingo
 
Cumprimentos
 
Pe. Rufino Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

Cumprimentos

 

Pe. Rufino Silva

 

_______________________________________________

 

 

5º DOMINGO DO GTEMPO COMUM

 

A Liturgia da Eucaristia do próximo domingo (07-02-2010) convida-nos a reflectir, entre outras verdades, no tema “vocação”. De facto, lemos na primeira leitura da mesma Eucaristia que, quando Isaías tinha aproximadamente, vinte anos, Deus dirigiu-se-lhe para dizer: Antes que saísses do seio da tua mãe, Eu te consagrei e te constitui profeta entre as nações. Cinge os teus rins e levanta-te para ires dizer tudo o que eu te ordenar. Não temas diante deles, senão serei Eu que te farei temer a sua presença. Hoje mesmo faço de ti uma cidade fortificada, uma colina de ferro, e una muralha de bronze…”

Foi com estas palavras, que Deus chamou Isaías à realidade da vocação que devia concretizar, na terra… Isaías, por sua vez, ao ouvir Deus falar-lhe, acreditou nEle e sentiu-se imensamente lisonjeado, pensando: O Senhor dirigiu-me a Sua palavra!... E, então, dispôs-se a segui-la todos os dias da vida…A partir deste momento, Isaías passou a canalizar toda a sua vida para o único objectivo, verdadeiramente importante: Ser fiel ao Senhor e não se deixar desviar do caminho por Ele proposto.

 Assim, ao apelo de Deus, Isaías respondeu de modo consciente e decidido, com o seu sim... A esta atitude, dá-se o nome de vocação.

Esta actuação de Deus é o modo vulgar de se relacionar com os homens, mormente cristãos.

Ora, todos nós, crentes baptizados, somos profetas no tempo em que vivemos… Por isso, Deus convida ou chama os homens de hoje ao cumprimento da Sua vontade e espera a resposta, tal como fez com Isaías, há cerca de 2.740 anos, aproximadamente.

Esta vocação que Deus dirige a todos, muitas vezes e de variadíssimos modos, não se confunde com aquilo que nós chamamos o “futuro”. Porque este “futuro”, não é outra coisa, senão aquilo que vai acontecer ao ser humano depois do presente, em cumprimento de leis ou reacções físicas, naturais e/ou conjunturais. Não depende de nós, a não ser tentando corrigir ou debelar males que tememos…

Também não se confunde vocação com “destino”, porque este é a mesma coisa que sorte ou bem ocasional, em que não se pensava nem se aspirava.

A vocação também não está incluída na “futurologia” que é o conjunto de pesquisas que se realizam, para prever o que vai acontecer ou acertar nele.

A vocação é, isso sim, um dom ou um bem dado por Deus, que inunda toda a pessoa humana – o espírito (alma ou mundo psíco-individual) e a matéria (composto físico, sujeito à acção da mente) e que permanecem no ser humano de modo eterno (mesmo além túmulo) e permanente, enquanto o mesmo homem o aceita e se empenha em mantê-lo, através da vivência da Fé, no quotidiano de todos-os-dias. Quem se empenha em viver assim na terra, onde quer que viva; exerça a profissão que tiver; se situe no estrato social em que se encontre; ocupe, tanto na Igreja como fora dela, o lugar que ocupar; etc., etc., etc. é santo. Atingiu o máximo e único escalão, da perfeição na Igreja e no Mundo: A santidade.

Que sublime ideal está ao nosso alcance!...

Vale bem a pena que nos preocupemos com o nosso viver diário, usando critérios esclarecidos e sãos de vida diária, baseados no amor a Deus e aos outros homens, nossos irmãos.

Radica aqui, sem sombra de dúvida, o segredo da nossa paz e felicidade pessoal e social; o verdadeiro gosto de viver a vida terrena e o modo eficaz de manter, em nós, a Esperança autêntica e eterna, mais que suficientes para superarmos todas as crises e problemas, na terra....

 

Pe. Rufino Silva

 

 

 
 


publicado por animo às 11:53
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

IR EM FRENTE MESMO QUE SE...

IDE EM FRENTE . MENSAGEM ...

PARA FÁTIMA E EM FORÇA ....

UMA ESPÉCIE DE ADEUS ATÉ ...

SANTA PÁSCOA PARA TODOS

AS MÚSICAS DA MÚSICA TOCA...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

ANTÓNIO SILVA E ARMÉNIO M...

ALMOÇAI EM MINHA MEMÓRIA ...

arquivos

Julho 2017

Setembro 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds