Domingo, 31 de Outubro de 2010
ÚLTIMA HORA:FOMOS METER O NARIZ NO "NARIZ DO MUNDO"!!!REPORTAGEM DE JOAQUIM AFONSO

 

 

 

 

Joaquim Gonçalves, José Gonçalves e António Gonçalves, com mais amigos, em plena degustação de uma....cabra do monte!

 

QUER C´ABRA “ O NARIZ…” SENHOR EDITOR?

 

Não pretendo atribuir-lhe nenhuma medalha de ouro, prata, cobre, ferro ou estanho e até um girassol amarelo pintado com guaches especiais ou tinta-da- china comprada na loja dos trezentos, “perdão, dos talentos”, ou com o suor de incontáveis anos e milénios de labuta sebastiânica dos mineiros de Aljustrel e/ou Messejana, S. Domingos ou Neves Corvo para quem as mulheres, mães e filhas amassaram o pão que o diabo não quis comer, nem falar dos amores de Francisco e Clara de Assis, de Évora e Templo de Diana, Associação 25 de Abril, do Parlamento e do Convento, da crise entoupeirada, do cu e das calças, do Vale dos Bezouros ou do Vale das Oliveiras e até do outro Vale nas margens do Tejo de encantos e memórias, tão singular e adorado, algures perdido nos mapas turísticos, cheio de toupeiras e ervas daninhas, nem condecorá-lo no dia da res-pública pelos altos e heróicos feitos (só um rato ou animal muito inferior andaria a vasculhar as pedras e madeiras do restolho da casa que de portuguesa foi nobre e hoje é democrática, não para as vender sucalhadas como o outro agrilhoado, mas transformadas em arte, dádivas gratuitas e superiores), nem tão pouco adquirir obras criativas, maravilhosas e dispersas por exposições algures e, por fim, impedir o gozo das suas merecidíssimas férias, a deambulação pela cidade e pelo campo, sempre de olho atento quase anónimo, exímio e desafortunado mestre Cesário nas calçadas lisboetas ao ritmo dos hodiernos acontecimentos e nem tocar no seu melomónico e afinado orgão as peças de Chopin ou Bach, deus me livre, emparedá-lo no atelier invisível, qual mineiro em apuros na escuridão e profundidade, que para ser sincero, faria tanto geito a um transeunte emigrado à procura de manjedoura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“NARIZ DO MUNDO”, restaurante típico nos picos de CABECEIRAS DE BASTO, onde se come cabra do monte, criada e abrilhantada por gente simples de requintado e grande gosto e muito frequentado pela intelectualidade e ciência nortenha e outros convivas, não a ciência da faca e do garfo, mas a ciência do bom convívio e cordialidade. É, de facto, espectacular pela situação geo-estratégica, adjacentes e originais paisagens. Tudo isto para vos dizer que foi mesmo uma surpresa muito agradável. Afinal, o Fernando e a Lurdes Araújo, amigos de longa data, quando nos perguntaram se queriamos comer cabra, estavam a perguntar se conheciamos a cabra de Cabeceiras de Basto. Perdão, nem cabra, nem cabrão, mas que o petisco é bom, é…E a doçaria…

Chamem o António… Vá lá… Aproxima-te… Não tenhas medo dos cornos da cabra…pôe-te no “NARIZ DO MUNDO” em Moscoso, Cabeceiras de Basto.

Também querem provar? Cheirem primeiro…

Afinal, ainda há um outro Portugal e uma boa cabra que espera por si! Quer c´abra?!

E esta hein!?

 

Joaquim Afonso 

 



publicado por animo às 23:56
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

IR EM FRENTE MESMO QUE SE...

IDE EM FRENTE . MENSAGEM ...

PARA FÁTIMA E EM FORÇA ....

UMA ESPÉCIE DE ADEUS ATÉ ...

SANTA PÁSCOA PARA TODOS

AS MÚSICAS DA MÚSICA TOCA...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

ANTÓNIO SILVA E ARMÉNIO M...

ALMOÇAI EM MINHA MEMÓRIA ...

arquivos

Julho 2017

Setembro 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds