Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011
LISBOAS

 

40 ANOS DE LISBOA.

Foi em Novembro de 1971.

Não dava mais.

Para trás ficavam o Convento dos Frades Menores Capuchinhos do Ameal,Porto, e a Profissão dos Votos de Pobreza,Obediência e Castidade que daí a três anos me conduziriam ao pleno sacerdócio.

2.Ficaram os votos mas continua vivo o espírito do poverello de Assis.

Quem me diria que 40 anos depois o meu primeiro neto quase nascia em Novembro(estava prevsto mas antecipou-se uns dias) e, melhor, se chamaria FRANCISCO.

3.Aceitei o convite da Dra Susana Parente e hoje, pela manhã, no anfiteatro da Fac Medicina-Hospital S.Francisco Xavier, vou moderar um Debate no dia do Voluntariado sobre essa história do que é ser voluntário.

4.Com esta iniciativa principio as comemorações dos meus 40 anos por Lisboa que, espero, possam atingir a plenitude com uma Exposição de Artes Plásticas que entretanto preparo.

5.Convoquei esta imagem do Dia da Tomada de Hábito, no Convento de Barcelos (1968) para abrir o Debate a falar da história do Teresinha.

Aquando da aceitação do Convite, esta história tropeçou comigo, de imediato, na esquina das minhas tantas memórias dos dias em que,talvez, nunca tenha sido tão solidário.Voluntário.

6

Nas rotinas de Noviços vivendo um ano inteiro sem ver a família, completamente dedicado ao Amor de Deus entre os homens, cabia-nos visitar, entre outros, o Hospital de S.João de Deus, em Barcelos, para doentes com deficiência mental.

De entre eles, o Teresinha merecia a atenção geral.

Sempre sentado no banco de jardim em posição de buda, não parava de menear a cabeça para trás e para a frente quase ensaiando queda mais que certa.Naquela tarde perguntei-lhe,”então como estás, Teresinha?!”De imediato, a resposta veio certeira continuando, ainda hoje, tão presente como naquele dia:”Bem, FreiColaço.Sabe, esta noite sonhei que me apareceu um lagarto com asas e que me disse,Teresinha, forma-te em Bioquímicas e casa-te!”

7.Sei hoje que a felicidade do Teresinha se fazia, então, por poder contar a história dos seus sonhos pois tinha quem o pudesse ouvir, pelo menos por uns instantes todas as semanas.

 

O Teresinha sabia que podia contar connosco.

Para nós o Teresinha CONTAVA.

É só por isso que hoje posso contar a história do Teresinha.

Ser voluntário, se calhar, é saber que há sempre alguém que pode CONTAR connosco para lhe dizer que, afinal, apesar de doente,pobre, abandonado ainda e sempre é alguém que CONTA.

Alguém que tem direito a que contem com ele, com a sua doença, a sua inferioridade.

Ser voluntário, se calhar, é a melhor forma de se ajudar a si próprio.

 

PS

Estes “noviços” vão encontrar-se, amanhã, algures, no centro do país.

Tudo porque continuam a contar uns com os outros.

Obrigado.

antónio colaço



publicado por animo às 02:24
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

IR EM FRENTE MESMO QUE SE...

IDE EM FRENTE . MENSAGEM ...

PARA FÁTIMA E EM FORÇA ....

UMA ESPÉCIE DE ADEUS ATÉ ...

SANTA PÁSCOA PARA TODOS

AS MÚSICAS DA MÚSICA TOCA...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

CAPUCHINHOS DE 1968 . CON...

ANTÓNIO SILVA E ARMÉNIO M...

ALMOÇAI EM MINHA MEMÓRIA ...

arquivos

Julho 2017

Setembro 2016

Março 2016

Dezembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

blogs SAPO
subscrever feeds